A Y L A

Loading

Seu apartamento é pouco luminoso? Seus problemas acabaram! (#Casseta&Planeta). Com plantas de interior, podemos desfrutar do prazer de criar um canto aconchegante com variedades que não precisam de luz solar direta e também requerem pouco cuidado.

Porque vamos ser sinceros, a maioria dos millennials está destinada a viver em apartamentos e esquecer (pelo menos a curto prazo) grandes casas com jardins. Talvez por isso, cada vez mais demonstram interesse pelas plantas domésticas, tentando fazer nosso próprio jardim botânico dentro de casa. 

Cansado de todas as plantas morrendo? Talvez você só não tenha escolhido o caminho certo. Aqui estão nove propostas capazes de sobreviver nas piores condições:

Ficus, Montsera e Sansevieria

1. Ficus elastica · Árvore-da-borracha

Esta árvore, embora não exija luz solar direta, se precisar estar em áreas onde há luz, e deve ser regada com moderação. Tenha cuidado, esta planta cresce  alta, se você não quer que ela tenha altura, você deve ser capaz de cultivá-la para crescer em largura.

2. Monstera · Costela de Adão

É uma planta trepadeira ideal para ambientes com pouca luz. Originalmente da selva luxuriante, ela pode sobreviver com muito pouca luz, motivo pelo qual também é vista em muitas casas. Mas sim, ele gosta de umidade (embora não uma poça). 

3. Sansevieria · Espada de São Jorge

Esta é uma planta que sobrevive em condições extremas e é apreciada por quase todos. Você a encontra em uma portaria antiga e em uma casa com design vanguarda. Não requer quase nenhum cuidado e, no inverno, você não precisa regá-la. Para ficar em pé e as folhas não caírem, prefere vasos pequenos.

Cactus, Rhapis excelsa e Nephrolepis exaltata

4. Cactus

Não precisam de quase nada para sobreviver. Nem água. De fato, eles podem sobreviver a um inverno inteiro quase sem água. Portanto, esqueça de regá-lo diariamente ou, então, ele morrerá. Eles também não suportam climas muito frios ou úmidos (não vamos esquecer que sua origem é deserta). 

5. Rhapis excelsa · Palmeira-ráfia

De grande uso em ambientes tanto internos como externos, esta palmeira de origem asiática possui múltiplos caules finos e longos, e cresce ereta e em touceiras, com folhas plissadas verde escuras e brilhantes. Se desenvolve bem em quase qualquer tipo de iluminação, desde sol direto à pouca luz. A rega deve ser frequente, mas sem deixar a terra encharcada.

6. Nephrolepis exaltata · Samambaia

Uma das plantas ornamentais mais vendidas no Brasil é cultivada em vasos e jardineiras suspensas. Apreciam bastante luz, e algumas variedades até toleram bem algumas horas de sol direto, portanto devem ficar perto de janelas ou em ambientes com boa iluminação indireta. É importante manter o solo sempre úmido e com rega frequente.

Epipremnum pinnatum, Dracaena fragrans e Suculentas

7. Epipremnum pinnatum · Jiboia

Com folhas brilhantes, precisa de uma irrigação constante e gosta de meia sombra. Em um vaso de mesa, a planta se mantém pequena e reservada; quando suspensa, deixa seus caules e folhas pendentes, criando uma espécie de cortina verde! Também pode durar meses em um vaso com água.

8. Dracaena fragrans · Tronco do Brasil

Muito resistente e popular entre as plantas domésticas, ele gosta de ambientes bem iluminados, mas melhor com o sol indireto. Você só precisa regá-lo quando a terra estiver seca e sem encharcar, ok? 

9. Suculentas

As suculentas entraram no mundo das plantas domésticas com força, pois suportam longos períodos de seca. Existem inúmeras espécies, cada uma com características únicas capazes de decorar sua casa de uma maneira incrível.

ESCOLHA A PLANTA QUE COMBINA COM VOCÊ…

  • Se você procura plantas de baixa manutenção, escolha cactos e suculentas. Eles dificilmente precisam ser regados e requerem cuidados mínimos.
  • Se você tiver pouca luz, opte por plantas da selva que preferem ficar longe do sol direto, como as costelas de Adão e Jiboia. Eles prosperam super bem em ambientes escuros.
  • Se você gosta das plantas de interior como uma palmeira, o Tronco do Brasil e a Palmeira-ráfia tarão um toque exótico e tropical a qualquer canto da sua casa.
  • Se você estiver procurando por plantas de casa grandes (ou tipo árvore), tente o ficus benjamina e outras árvores com aparência de árvore nesta família, como ficus elastica, ficus lyrata (com folhas em forma de lira) ou ficus ali (com folhas que remanescente do eucalipto).
  • Se você preferir plantas de casa pequenas, qualquer peperomia lhe servirá perfeitamente, assim como plantas de ficus pumila, kalanchoe, cactos e suculentas.
  • Se você gosta de plantas com toque vintage, tente a costela de Adão ou a Espada de São Jorge. Ou encha seu cantinho com Jiboias, a rainha das plantas de interior dos anos 90.

Uma planta traz aconchego à qualquer lugar. Agora que você sabe que não é preciso ter uma grande sacada para cultivá-las, faça uma composição com cachepôs e vasinhos. Além de decorada, o ar da sua casa vai ficar mais limpo! Quer mais ideias para um lar mais ecológico? Clique aqui. 

No Comments

Leave a Comment