A Y L A

Loading

Você sonha em viver em Floripa e ver o mar todos os dias? Dá para entender. Os quase 500 mil habitantes da ilha se orgulham – e não trocam! – uma das cidades mais desenvolvidas do país.

Com um IDH de 0,847, supera o índice nacional (0,759) e todos os países da América do Sul. Também somos a segunda capital mais segura do país (Atlas 2018) e a mais alfabetizada, com índices comparáveis à Alemanha, Canadá e Dinamarca. 

Há também muitas oportunidades de trabalho e, vivendo aqui, você pode crescer pessoal e profissionalmente, além de estar a somente uma hora de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Se você quiser se mudar para Florianópolis, preste atenção, pois neste post lhe daremos informações muito úteis que podem ajudá-lo a se estabelecer aqui.

ONDE VIVER EM FLORIPA

A ilha não é especialmente grande, mas você já deve ter visto no mapa como é fina e comprida: tem comprimento de 55 km e largura de 18 km, com morros e áreas protegidas no meio. Por isso, tal qual uma cidade pequena, não há muito mais que dois caminhos para chegar no mesmo lugar: uma dica que lhe damos é morar perto ou pelo menos com transporte direto ou de onde você vai trabalhar ou estudar.

QUANTO CUSTA?

Os preços sempre dependem da área, mas o custo do aluguel é de cerca de mil reais por mês, embora você possa encontrar quartos a partir de R$ 350. Você também terá que levar em conta os custos da acomodação, como luz, água e wifi, além de transporte, alimentação, lazer, etc.

O QUE SABER DAS PRAIAS

São 42 praias oficiais, ainda que existam livros manezinhos somando 100. Com tantas opções, sobra espaço para resumir mais ou menos assim: as praias voltadas ao mar aberto (lado direito do mapa) possuem grandes ondas e água mais fria, enquanto as viradas para o continente têm mar quente e calmo. Generalizando, as praias do sul são mais hippies e as do norte com shows e baladas.

A Praia da Galheta, ao lado da Mole, tem ótimas ondas

OS 10 MELHORES BAIRROS

Há inúmeros bairros onde você pode morar e, se for universitário, não deixe de ler essa lista com bairros para você. Com a Ayla você será capaz de encontrar a melhor opção de imóvel, mas para que venha pra cá informado, isso pode te orientar:

  • Lagoa da Conceição: É um bairro muito multicultural localizado na zona leste. Você pode ouvir seu idioma e alguns outros, mesmo quando vai comprar pão (ou uma tainha). Além disso, tem uma vida noturna bastante animada.
  • Jurerê Internacional: Sim, como no instagram: festas e casas enormes. Está no norte da ilha e é um dos bairros mais famosos de Floripa, mas  também um dos mais caros para se viver. Perfeito se você estiver com um bom orçamento.
  • Trindade: Nos arredores da UFSC, é um bairro prioritariamente estudantil, com alugueis e hot dogs acessíveis. Por abrigar um terminal de ônibus, é fácil chegar a qualquer lugar.
  • Rio Tavares: É uma das áreas mais hippies da cidade, muito popular para freelancers e profissionais liberais, como também pra quem curte um surf. Pra quem vai todos os dias ao centro, vai precisar de distração para o tempo na fila.
  • Campeche: Próximo ao Rio Tavares, também possui a ¨vibe¨ hippie e do surf, mas com mais opções de comércios, também por ser um bairro maior. Possui opções baratas e também casas enormes.
  • Centro: O centro é sempre o centro: onde trabalha a maior parte das pessoas e estão todos os serviços, mas não é o lugar mais seguro da cidade. Se você gosta de um rolê noturno alternativo, este é o seu lugar.
  • Ingleses: Mais distante do centro, é um bairro típico entre famílias e argentinos no verão. É uma boa opção quando o orçamento é mais baixo, mas ainda assim na praia e onde você encontra todos os serviços que precisar.
  • Itacorubi: Está muito na moda. Aqui os apartamentos são relativamente acessíveis e, por estar próximo ao centro, às praias e às universidades, é um dos mais escolhidos para morar. Há uma grande facilidade de acesso aos serviços básicos. 
  • Santo Antônio de Lisboa: Perfeito se você quiser chegar facilmente ao centro da cidade, mas com um toque de cidade pequena. Compõem o bairro as ruas de lajota, um pôr-do-sol bastante fotografado e casinhas coloridas.
  • Beira-Mar: Não é exatamente um bairro, mas a avenida mais famosa da cidade, a Gov. Irineu Bornhausen. Ali estão edifícios altos e caros, com vistas para o mar e para a zona ao ar livre mais fitness da cidade. Atrás da avenida, está o bairro Agronômica, que possui opções mais baratas de moradia.
É possível praticar desde standup paddle a kitesurf na Lagoa da Conceição, tudo vai depender da força do vento

PARA QUEM É DO ESPORTE, FESTEIRO OU FAMÍLIA

Morar em Floripa significa ter intenso contato com a natureza e é por isso que você pode ser contagiado a iniciar aulas de surf, kitesurf, mergulho e encher seu fim de semana com trilhas. Também pode treinar para maratonas, já que IronMan também acontece aqui.

Mas o povo que vai dormir às 8 da manhã também tem vez: a ilha é um dos melhores destinos de festa do planeta, segundo o The New York Times. Além dos shows nacionais e internacionais, encontram-se os teatros CIC, Pedro Ivo e Álvaro de Carvalho. 

Em contrapartida, é a segunda melhor cidade brasileira para se viver depois dos 60 anos, segundo o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade. E para tudo que houver entre um estilo de vida e outro, Floripa é ideal.

O MARAVILHOSO CLIMA

Imaginamos que você saiba, mas há 4 estações num mesmo dia em Florianópolis. Prepare seu guarda-chuva, biquíni e um casaquinho caso for sair de casa. Logo acostuma! Fora isso, esta é uma capital com as temporadas bem marcadas: em julho os termômetros podem apontar 7 graus e no verão, 30 a mais.

COMO CHEGAR E QUE TRANSPORTES USAR

Você tem somente um aeroporto para chegar – a parte boa é que ele cheira a novo! Por terra, estará lhe esperando a Pedro Ivo Campos (dependendo do horário, com muito trânsito, tome cuidado). 

Se preferir chegar de ônibus, seu destino será a Rodoviária Rita Maria, que fica logo passando a ponte, no centro da cidade. Ao lado, está o terminal de ônibus e também opções de táxi ou Uber. Não vamos esquecer das opções marítimas… Isso se tiver um iate. Vai que? 😉

A ponte pênsil Hercílio Luz foi construída há 100 anos e hoje é apta para pedestres, ciclistas e transporte coletivo

ESTUDAR E TRABALHAR EM FLORIPA

Se você quer entrar para a universidade, terá muitos lugares para escolher. Uma boa ferramenta para descobrir os cursos é entrar nos sites das instituições, deixamos as principais: 

Já quem vem para trabalhar, é muito comum que venha somar no ecossistema de inovação que é referência nacional. São inúmeras vagas nas mais de mil empresas de tecnologia, instituições como a ACATE – Associação Catarinense de Tecnologia (onde é o escritório da Ayla!), na Fiesc, SESI e seus centros de inovação, Fundação CERTI e entre outros.

Se você está procurando emprego de cara ao público, pode ir ao centro da cidade, shoppings ou às praias, no caso de ser temporada de verão. Tente ter seu currículo pronto e se souber inglês ou espanhol, ganha pontos! Você também pode vir como au pair ou simplesmente trabalhar remotamente.

O QUE FAZER SE FICAR DOENTE

Leve a sua carteirinha do SUS e você poderá receber atendimento médico gratuito apenas apresentando-a em qualquer hospital. Os maiores são: HU (Hospital Universitário) e Nereu Ramos e, para as crianças, o Hospital Infantil. 

Uma vez estabelecido na cidade, é melhor se registrar oficialmente e fazer uso dos postos de saúde do seu bairro. Considerada referência em atenção básica, tudo o que você precisa para usufruir do serviço é de sua carteira de identidade e comprovante de residência (conta de luz, água, internet, etc.) 

APTA PARA VEGETARIANOS E VEGANOS

Se você não come carne ou derivados de animais, aqui vai uma boa notícia: é possível encontrar boas opções vegetarianas em Florianópolis em todas as épocas do ano e em quase todos os lugares. Os principais são a Lagoa da Conceição e o sul da ilha, onde vivem muitos surfistas, artistas, praticantes de yoga e outras pessoas interessadas em um estilo de vida mais natural. Neste link tem uma lista de restaurantes vegetarianos e aqui, veganos.

Dizem que a cervejinha é mais gelada quando tomada no vão central do Mercado Público

DICAS PARA LEMBRAR ANTES DE VIAJAR

Por último, mas não menos importante, para lembrá-lo de que:

  • ¨Segue reto toda vida¨ é quando você não deve mudar a direção e depois pedir informação outra vez. 
  • A praia da Galheta é de nudismo.
  • É conhecida por Ilha da Magia porque, logo após a colonização açoriana, foram vistos lobisomens e bruxas. Cada um com sua lenda.
  • No verão, o idioma oficial de Canasvieiras é espanhol.
  • Tainha, ostra e casquinha de siri: si quéx quéx, si num quéx, dix.

Se você quer viver a experiência em Floripa, nós ajudaremos você a encontrar o melhor lugar compartilhar um apartamento e a vizinhança ideal. www.useayla.com 

No Comments

Leave a Comment